Aluguel de casa ou apartamento durante a COVID-19: dicas para se hospedar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
dicas para se hospedar

Depois de mais de um ano em isolamento social, os viajantes têm procurado maneiras criativas de buscar destinos respeitando o distanciamento.

De acordo com dados da Kaiak, as pessoas estão considerando as opções de aluguel de temporada para seus próximos planos de viagem.

Isso significa que as acomodações alternativas, ou seja, casas e chalés, serão a escolha da maioria dos viajantes para os próximos meses.

Isso porque esse tipo de hospedagem oferece mais privacidade, facilitando o distanciamento social.

Além disso, é possível aproveitar seu próprio espaço privado, com o bônus de não estar na sua própria casa.

Caso você opte por fazer essa escolha mas ainda tem dúvidas sobre esse tipo de estadia de curto ou longo prazo durante o Covid, o site da Kaiak separou algumas dicas para se hospedar:

Pesquise seu destino

A cada dia, as restrições com relação à viagem estão mudando rapidamente, fazendo com que as políticas de quarentena e regras de entrada para alguns lugares alterem de acordo com cada destino.

Por isso é necessário pesquisar e verificar como o destino escolhido está lidando com essas restrições.

Seja flexível

Mesmo se planejando de maneira correta, os planos de viagem podem mudar, e está tudo bem.

Como forma de incentivar o viajante, algumas companhias aéreas eliminaram as taxas de alteração ou diminuíram drasticamente.

Assim é possível reservar e cancelar se for necessário.

Considere o tipo de propriedade

Quando pensamos em aluguel de temporada, é possível que imaginemos uma casa totalmente isolada, com muita privacidade.

Mas sua escolha pode ser também por apartamentos, condomínios ou casas dentro de complexos maiores.

Políticas de segurança e higienização

Sempre leia os detalhes ao alugar uma hospedagem para temporada.

Verificar se a hospedagem está garantindo a higienização adequada para os hóspedes já era extremamente importante, e agora ainda mais.

Para garantir uma limpeza ainda mais adequada, levar produtos de limpeza na mala pode ser uma opção de segurança adequada, ainda mais se a viagem for feita com as crianças.

Essas foram algumas dicas para se hospedar para quem vai viajar e alugar casas e apartamentos.

Para conferir o artigo completo, acesse o blog da kaiak

E para conferir mais dicas sobre viagens, continue aqui mesmo, no nosso blog.

Comentários

Assine nossa Newletter

Receba novidades, dicas e ofertas da Deboni Câmbio direto no seu e-mail.

Fale com a Deboni Câmbio

Curitiba - PR
Rua Mal. Deodoro, 261 - Galeria Minerva, Loja 06 - Curitiba/PR
contato@debonicambio.com.br
Joinville - SC
Rua Blumenau, 64, Loja 12, Galeria Adville Business - Centro
joinville@debonicambio.com.br
Campo Grande - MS
Av. Afonso Pena, 5.723, sl. 1707, Ed. Evolution Business Center
campogrande@debonicambio.com.br
Exclusivo p/ clientes indicados por agências

Faça uma denúncia

Este é um canal que atende a Resolução 4.567 de 27 de abril de 2017 do Banco Central do Brasil, a qual exige que toda instituição financeira deve disponibilizar um canal para comunicação de indícios de ilicitude relacionados às atividades da mesma. A denúncia pode ser realizada de forma anônima ou identificada. Estão assegurados o tratamento confidencial das informações e a proteção da identidade do denunciante quando informada. Descrição da Estrutura Simplificada de Gerenciamento Continuo de Riscos – Segmento S5 Em caso de denúncia anônima, não preencha os dados de identificação do formulário.

Fale com a ouvidoria

O nosso canal de Ouvidoria tem por finalidade atender as reclamações, críticas e sugestões dos clientes da Deboni Câmbio. De acordo com a Resolução nº 4.433 de 2015 do Banco Central do Brasil, o prazo de atendimento ao cliente pelo canal de ouvidoria é de dez (10) dias a contar da data do registro da ocorrência.