Remessas Internacionais

Envie dinheiro para qualquer lugar do mundo em até 24 horas, de maneira prática e fácil.

Seja para fins comerciais de importação/exportação, pagamento de inscrições em eventos, aluguéis, envio de quantias para familiares e outros motivos. Aqui na Deboni sua Remessa Internacional é feita de maneira simples e rápida.

O serviço de Remessas Internacionais
Deboni Câmbio é indicado para:

1

Empresas que importam ou exportam mercadorias, bens ou serviços.

2

Remessa de recursos de pessoas ou empresas para contas mantidas no exterior.

3

Transferência patrimonial de pessoa física e/ou jurídica.

4

Pagamentos de inscrições, feiras, cursos e hotéis no exterior.

5

Manutenção de pessoas físicas em outros países.

6

Investimentos no exterior.

7

Disponibilidades no exterior.

8

Entre outras coisas.

Como Funciona?

Quanto tempo demora para o dinheiro chegar?

Até dois dias úteis para remessas em dólar americano e até quatro dias úteis para remessas em outras moedas. No caso de recebimento, o prazo para o Brasil é de até dois dias para qualquer moeda.

Quais são os limites de transferência?

Eles são analisados pela nossa equipe com base nos documentos e informações apresentados pelo cliente.

Quanto custa enviar pela Remessa On-line?

Esqueça a burocracia e os preços altos dos bancos tradicionais. Nosso custo é composto por: CÂMBIO FINANCEIRO + TARIFA SWIFT. Simples Assim.

Tire suas dúvidas sobre
Remessas Internacionais

Como devemos proceder em uma operação que o titular não pode estar presente?

O titular deve formalizar um representante legal através de Procuração específica para efetuar operações de câmbio, mediante a apresentação desta procuração é que poderemos efetuar a operação.

Qual a importância da emissão do Contrato de câmbio?

O Boleto ou contrato é o documento oficial que dá amparo legal a todas as operações de compra ou venda de moedas estrangeiras autorizadas pelo regulamento do Banco Central, este Boleto ou contrato deverá estar com todos os campos devidamente preenchidos, e de forma legível.

Qual o valor que uma pessoa pode embarcar?

Qualquer valor. Entretanto, sempre que o valor portado for igual ou superior a R$ 10.000,00 (dez mil reais) ou seu equivalente em outra moeda é obrigatória declaração prévia junto a SRF(Secretaria da Receita Federal). O boleto de compra deve estar sempre a mão parado DPV( Declaração de porte de valores)  justificar o valor portado. A declaração é obrigação do passageiro.

Quando o valor é superior aos R$ 10.000,00. O que devo fazer?

Neste caso antes de sair do país você deve declarar o seu porte de valor para a Receita Federal do Brasil através do site ou diretamente no aeroporto.

Quais os documentos necessários para aquisição de moeda estrangeira?
  • Brasileiro residente no país: Carteira de Identidade (RG) ou documento equivalente, comprovante de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) da Secretaria da Receita Federal
  • Estrangeiro residente no país: Registro Nacional de Estrangeiro (RNE) ou equivalente, comprovante de inscrição no Cadastro de Pessoas Física (CPF) da Secretaria da Receita Federal
  • Estrangeiro de passagem no país: Passaporte
  • Brasileiro residente no exterior: Carteira de Identidade (RG) ou documento equivalente, comprovante de inscrição no Cadastro de Pessoas Física (CPF) da Secretaria da Receita Federal
  • Brasileiro com dupla nacionalidade: Permanece a identificação para brasileiro
  • Aos residentes no exterior: Quando da saída do território nacional é permitida a aquisição de moeda estrangeira com os reais inicialmente adquiridos e não utilizados, mediante apresentação dos respectivos comprovantes de compra de moeda nacional por instituição credenciada. Após sua utilização o referido documento será devolvido ao cliente com a inscrição “INUTILIZADO PARA FINS DE RECOMPRA”
  • Pessoa Jurídica: DOCUMENTOS E PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPRA E VENDA DE MOEDA
    ESTRANGEIRA DE ACORDO COM AS NORMAS DO BANCO CENTRAL DO BRASIL
    • Documento de identificação (cartão CNPJ, contrato social e última alteração do contrato social para pessoa jurídica).
    • Cadastro junto à Deboni Câmbio, Clique aqui para baixar a ficha cadastral.
    • Assinatura do contrato de câmbio.
    • Transações de pessoa jurídica só deverão ser pagas unicamente via transferência bancária ou
    cheque.
Devo declarar esta operação de câmbio no Imposto de Renda?

Esta é uma operação isenta de imposto de renda, mas deve declarar no I.R. a quantidade que possui em seu poder, oriente-se com o contador como fazê-lo.

Fale com os nossos especialistas
  • Tire as suas dúvidas
  • Suporte dedicado
  • Atendimento via chat
Baixe nosso app

Com o nosso aplicativo você pode acompanhar a cotação das principais moedas estrangeiras do mundo, comprar online com agilidade e ainda receber em sua casa.