É seguro viajar? Quais os desafios e medidas tomadas durante a pandemia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
É seguro viajar

Com os casos de Covid em número crescente no país, muitas pessoas ficam em dúvida sobre viagens de carro, avião e hospedagem.

Isso porque, muito tem se falado sobre a retomada do turismo no Brasil e no mundo e isso levanta uma questão bastante importante: é seguro viajar?

A Skyscanner separou em um artigo, quais as principais questões em relação a segurança nas viagens durante a pandemia e o que tem sido feito para diminuir os riscos de infecção nas viagens.

Com relação às fronteiras, o próprio site fez um mapa de restrições de viagens que pode ser acessado AQUI.

Além disso, a Skyscanner também tem dado informações atualizadas sobre viagens em tempos de coronavírus, você pode acessar o site AQUI.

São questões relacionadas a políticas de reembolso e cancelamentos, informações sobre as companhias aéreas e recomendações.

Viagens de avião são seguras?

Virus and travel concept. Passport and boarding pass with surgical mask, alcohol sanitizer gel and thermometer on yellow background top view. Protection accessories from virus during traveling.

As linhas aéreas têm retomado aos poucos com seus serviços, principalmente viagens com destinos brasileiros.

Porém, existem alguns desafios a serem enfrentados ao embarcar em uma viagem de avião.

O primeiro deles está relacionado à circulação de oxigênio dentro dos transportes, que funcionam com filtros de ar.

Porém, muitas empresas já utilizavam, antes mesmo da pandemia, um filtro de ar com tecnologia HEPA, que auxilia na renovação do ar. 

Outro grande desafio está relacionado a higienização de poltronas, maçanetas, pias e torneiras.

Essa limpeza deve ser realizada a cada utilização, para que a eficácia da limpeza seja de 100% com relação ao contágio.

Outro grande desafio é com relação aos aeroportos, que estão utilizando uma série de cuidados para diminuir cada vez mais as chances de contágio.

As medidas de segurança incluem, claro, a utilização de máscara, renovação frequente de ar, serviço de bordo reduzido e muitos outros.

Para conferir a lista completa é só acessar o artigo da Skyscanner AQUI.

E as viagens de carro, são seguras?

As viagens de carro são uma ótima ideia para evitar contato com outras pessoas e diminuir as chances de contágio.

Isso porque num veículo particular diminui significativamente a exposição ao vírus, porém é preciso planejar.

Portanto, em viagens longas, as paradas são necessárias, tanto para reabastecer quanto para ir ao banheiro, além de pegar pedágio e etc.

Os cuidados recomendados pela Organização Mundial da Saúde precisam ser respeitados.

Além de pagamento via aplicativos, ou pelo celular, ter álcool gel sempre disponível, no carro, bolsa, levar a própria comida são ótimas dicas para prevenir a exposição ao vírus.

E para saber mais sobre cuidados para se hospedar em hotéis e destinos mais seguros, acesse o artigo completo no site da Skyscanner AQUI

Quer ler mais artigos sobre viagem na pandemia acesse nosso blog

Comentários

Assine nossa Newletter

Receba novidades, dicas e ofertas da Deboni Câmbio direto no seu e-mail.

Fale com a Deboni Câmbio

Curitiba - PR
Rua Mal. Deodoro, 261 - Galeria Minerva, Loja 06 - Curitiba/PR
contato@debonicambio.com.br
Joinville - SC
Rua Blumenau, 64, Loja 12, Galeria Adville Business - Centro
joinville@debonicambio.com.br
Campo Grande - MS
Av. Afonso Pena, 5.723, sl. 1707, Ed. Evolution Business Center
campogrande@debonicambio.com.br
Exclusivo p/ clientes indicados por agências

Faça uma denúncia

Este é um canal que atende a Resolução 4.567 de 27 de abril de 2017 do Banco Central do Brasil, a qual exige que toda instituição financeira deve disponibilizar um canal para comunicação de indícios de ilicitude relacionados às atividades da mesma. A denúncia pode ser realizada de forma anônima ou identificada. Estão assegurados o tratamento confidencial das informações e a proteção da identidade do denunciante quando informada. Descrição da Estrutura Simplificada de Gerenciamento Continuo de Riscos – Segmento S5 Em caso de denúncia anônima, não preencha os dados de identificação do formulário.

Fale com a ouvidoria

O nosso canal de Ouvidoria tem por finalidade atender as reclamações, críticas e sugestões dos clientes da Deboni Câmbio. De acordo com a Resolução nº 4.433 de 2015 do Banco Central do Brasil, o prazo de atendimento ao cliente pelo canal de ouvidoria é de dez (10) dias a contar da data do registro da ocorrência.